21.3.10

CORRUPÇÃO POLITICA.


Há poucos dias precisava apresentar um Pré-Projeto, com o titulo que o seu contexto estivesse relacionado à Administração Pública. “Não foi difícil”, fui às pesquisas: acessei a internet, liguei TV, li uns jornais que se encontram ao lado, e pronto, estava ali o assunto mais comentado pelos meios de comunicação; “CORRUPÇÃO”.

"Embora haja corrupção também no setor privado, aquela que mais nos preocupa é aquela que é praticada no âmbito do setor administrativo do Estado, central, local, no setor empresarial do Estado e em toda a administração pública, incluindo tribunais, polícias, etc.", disse Maria José Morgado.

A corrupção política pode ser desde a apropriação de bens e serviços públicos, ou seja, o nepotismo, a cobrança de propinas, a extorsão, a realização de fraudes em licitações pública. Também a obtenção de diferenciais competitivos ilegais, um segundo objetivo principal dos agentes ativos e passivos de corrupção política, é a facilitação de atividades criminais como: o tráfico de drogas, lavagem de dinheiro e a exploração da prostituição. Atividades criminosas como o contrabando, o tráfico de armas, de seres humanos, tráfico de órgãos, de animais silvestres, e o tráfico de influência política, que usa a corrupção política como uma ferramenta criminosa.

A Lei de Responsabilidade Fiscal impõe um princípio altamente salutar ao equilíbrio financeiro das prefeituras: não se pode gastar mais do que se arrecada. Também por defender a transparência absoluta das contas públicas, essa lei se tornou um entrave à corrupção. Mesmo assim, em governos em que se praticam atos ilegais na administração, existe uma grande resistência à liberação de informações sobre os gastos públicos.

É de se destacar os recentes procedimentos do Ministério Público, através de suas investigações e das ações penais e de improbidade ajuizadas contra pessoas até as pouco intocáveis, têm proporcionado certo ânimo na sociedade brasileira. O caso do juiz apelidado de "Lalau", processado e preso por apropriação de dinheiro destinado à construção do prédio do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, é um exemplo de que a corrupção não é mais vista como um fato normal pela sociedade brasileira. O senador Luís Estevão perdeu o mandato, foi processado pelo Ministério Público e embora solto rapidamente, saiu do Senado direto para a cadeia, por envolvimento com o juiz "Lalau" no citado desvio de verbas. Outro caso bem recente é do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, preso por suspeito de envolvimento em esquema de corrupção que envolve membros do governo, deputados e empresários.

De qualquer modo que se apresente a corrupção, é um dos grandes males que afetam o poder público, principalmente o municipal. Também pode ser apontada como uma das causas decisivas da pobreza das cidades e do país.

Curiosidade:

A Transparency International divulgou a versão 2008 do relatório anual The Corruption

Perceptions Index (CPI)
, que classifica em um ranking o nível de corrupção em 180 países
.

Menos Corruptos: 1º. Dinamarca 2º. Nova Zelândia 3º. Suécia. O Brasil estar na 80° posição.

1 comentário:

  1. Realmente acredito que a corrupção é ação que a cada dia agrava a desigualdade e a pobreza em nosso país...

    ResponderEliminar