9.4.12

INCLUIR TURISMÓLOGO EM POLITICAS PÚBLICAS

DELTA DO PARNAÍBA, situado entre Piauí e Maranhão.
É o único das Américas e um dos únicos do mundo em mar aberto. (Foto ilustrativo)

O deputado federal Mendonça Prado (Democratas/SE) encaminhou ofício ao Ministério do Trabalho e Emprego e ao Ministério do Turismo solicitando urgência na criação de um programa ministerial que sensibilize as gestões públicas municipais e estaduais para a importância do profissional turismólogo em seus planejamentos.

O turismólogo é um profissional em reconhecimento no mercado, egresso do curso superior de Bacharelado em Turismo, e atua principalmente no planejamento e gestão turística. Sua função é de extrema importância para o crescimento do setor, tendo em vista que a atividade do turismólogo é promover à sustentabilidade, a geração de renda, a paz entre os povos e o estudo do turismo em sua totalidade.

A profissão foi reconhecida recentemente no país, por meio da Lei n.º12.591, de 18 de janeiro de 2012 e incluída na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO). Com essa inclusão na CBO, os turismólogos farão parte das pesquisas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), terão a Carteira de Trabalho devidamente registrada e sua profissão será listada no rol de ocupações da Declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física. O Brasil já registra mais de 170 mil profissionais formados, todavia apenas 58,5% atuam no setor de turismo efetivamente.

Para o parlamentar, a inclusão da profissão na CBO é uma forma de valorizar o profissional do turismo, lhe oportunizando emprego e proporcionando melhores condições salariais. “Trata-se de uma categoria de fundamental importância para o país, face às nossas potencialidades turísticas e a necessidade que temos de investir em setores capazes de gerar emprego e renda”,afirmou Mendonça Prado.
Fonte: FAXAJU

Sem comentários:

Enviar um comentário