29.4.12

Obama faz piadas sobre Romney em jantar com mídia estrangeira

Obama dá uma piscadinha após contar uma piada
durante o jantar na Casa Branca (Foto: Saul Loeb/AFP)

Presidente recebeu jornalistas em evento descontraído na Casa Branca.
Ele fez brincadeira sobre 'tratamento' dado por Romney ao cão presidencial.

Do G1, com agências internanacionais.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, fez piadas sobre seu provável rival na disputa pela presidência, Mitt Romey, e outros oponentes do Partido Republicano no Congresso durante o jantar anual da Casa Branca para os correspondentes estrangeiros, na noite de sábado (28), no qual comentou até mesmo o tratamento dado por Romney ao cão de estimação da família.

O jantar de gala para os jornalistas é o maior evento social do ano para a mídia em Washington e dá aos presidentes a oportunidade de mostrar um lado mais descontraído.

Em campanha pela reeleição em novembro, Obama deverá ter como rival nas urnas o multimilionário Romney, ex-governador do Estado de Massachusetts.

Obama disse prever uma campanha dura, mas afirmou que o rival havia ido longe demais num vídeo. Então, foi exibido um falso anúncio da campanha de Romney no qual ele se defendia contra críticas por prender o cão da família, Seamus, em um engradado no capô do carro durante uma viagem em 1983.

O clip feito com uma montagem fajuta mostrou imagens do cão da família de Obama, Bo, aparentemente em péssimo estado ao ser mantido cativo pelo "socialismo para cães no estilo europeu". Uma voz gutural dizia, ao fundo: "Cães americanos não podem agüentar mais quatro anos de Obama. Para eles, isso seria o mesmo que 28 anos."

No mesmo evento, o presidente brincou sobre assuntos recentes, como as primárias republicanas, o milionário Donald Trump e até o escândalo sexual envolvendo o Serviço Secreto na Colômbia.

"Eu tenho muito mais material preparado, mas eu tenho que levar o serviço secreto para casa antes do novo toque de recolher", ironizou.

Obama também fez graça com a secretária de Estado, Hillary Clinton, sua antiga rival nas primárias democratas de 2008, que foi flagrada em uma boate se divertindo com uma bebida à mão há algumas semanas, durante a Cúpula das Américas.

"Quatro anos atrás, eu estava em uma batalha brutal nas primárias com Hillary Clinton. Quatro anos depois, ela não para de enviar mensagens enquanto bebe de Cartagena".



Sem comentários:

Enviar um comentário