6.6.12

R$ 375 mil para projetos de pesquisa e extensão sobre drogas

A Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas firmou convênio com a Associação Mário Tannhauser de Ensino, Pesquisa e Assistência (Amtepa) para o financiamento de pesquisas e projetos de extensão dos 49 Centros Regionais de Referência em crack e outras drogas (CRR), habilitados no Brasil.

Na última segunda-feira (4), a Amtepa publicou no Diário Oficial da União edital de chamamento o envio de propostas, que devem ser desenvolvidas sobre seguintes temas: medidas socioeducativas; métodos de treinamento de equipes de saúde e assistência social; prevenção, tratamento e/ou reinserção social de usuários de crack e outras drogas. As selecionadas serão financiadas com até R$ 15 mil cada. 

O valor global do edital é de R$ 375 mil, proveniente de uma de cooperação entre a Senad e o Instituto da Droga e da Toxicodependência (IDT) de Portugal, por meio do projeto Rede de Pesquisa sobre Drogas, que tem por objetivo reunir pesquisadores e apoiar as pesquisas desenvolvidas sobre o tema no Brasil.

 Podem se inscrever professores de instituições de ensino superior públicas, vinculados a Centros Regionais de Referência em crack e outras drogas, que estejam cadastrados na Rede de Pesquisa sobre Drogas da Senad, até 29 de junho, e tiverem na equipe de execução do projeto pelo menos um aluno do Centro Regional de Referência.

As propostas devem ser enviadas até 29 de junho, juntamente com toda a documentação exigida, para o endereço Rua Sarmento Leite, 246 – sala 601, CEP: 90050-170, Porto Alegre (RS). No envelope, deve constar Seleção de Projetos de Pesquisa ou Extensão Associados a Centros Regionais de Referência – Senad/MJ. 

Os recursos serão liberados a partir de 15/08/2012 e deverão ser executados no prazo de 10 meses, contados a partir da data de assinatura do termo de concessão com a Amtepa.


Sobre os CRRs

A implantação dos CRRs faz parte do Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack, de 2010, e foi ampliado pelo programa Crack, é possível vencer lançado pela Presidenta Dilma Rousseff em 2011. Os CRRs são pólos de capacitação permanentes em funcionamento em instituições de ensino superior públicas do País. O objetivo desses Centros é capacitar profissionais de saúde, assistência social, segurança, justiça, líderes comunitários, além de servidores do Judiciário em temas sobre a prevenção ao uso de crack e outras drogas, bem como o tratamento do uso abusivo dessas substâncias. Até 2014, a previsão é de que haja 65 CRRs em atividade em todo País.


Portal Brasil


Sem comentários:

Enviar um comentário