18.10.12

Plenário confirma R$ 6,8 bilhões para compra de equipamentos por ministérios

Acréscimo ao Orçamento de 2012 previsto em medida provisória foi aprovado ontem pelo Senado, com objetivo de estimular a indústria e o desenvolvimento nacional através do PAC Equipamentos.

O Senado aprovou ontem a Medida Provisória 573/12, que liberou para nove ministérios R$ 6,8 bilhões em créditos extraordinários do Orçamento de 2012 para compra de equipamentos. A medida faz parte do PAC Equipamentos, programa de compras do governo federal que deverá contar com R$ 8,43 bilhões neste ano, estando R$ 1,59 bilhão já previsto no Orçamento. O objetivo é estimular a indústria e o desenvolvimento nacional. O texto aprovado segue para sanção.

São beneficiados pela MP os Ministérios da Justiça, Defesa, Saúde, [...]
Educação, Transportes, Planejamento, Cidades, Integração Nacional e Desenvolvimento Agrário.

A maior parte dos recursos cabe ao Ministério do Planejamento: R$ 1,7 bilhão para compra de equipamentos em apoio a estados e municípios atingidos por secas ou enchentes. Valor pouco menor, R$ 1,5 bilhão, caberá ao Ministério da Defesa para reaparelhamento do arsenal bélico e de veículos de emprego militar, como ­tanques e lançadores de mísseis.

O Ministério da Educação terá direito a R$ 1,44 bilhão, a ser repassado a estados e municípios para compra de 8.750 ônibus escolares e três milhões de conjuntos mobiliários escolares. Já o Ministério de Desenvolvimento Agrário receberá R$ 1,09 bilhão para aquisição de tratores agrícolas e máquinas em apoio a municípios na recuperação de estradas vicinais.

Trens urbanos

A MP também libera R$ 712 milhões ao Ministério das Cidades para implantação de trechos ferroviários e compra de 160 vagões de trens urbanos. Outros R$ 279 milhões irão para o Ministério da Saúde, destinados à compra de 2.125 ambulâncias e mil furgões, que servirão de ­unidades ­odontológicas móveis no Sistema Único de Saúde (SUS).

Para obras emergenciais nas rodovias federais afetadas pelas chuvas, assim como para recuperação de portos e terminais hidroviários na Região Norte, o Ministério dos Transportes vai receber R$ 32,1 milhões. O Ministério da Justiça, por sua vez, terá direito a R$ 22,9 milhões para reaparelhamento da Polícia Rodoviária Federal, com aquisição de 500 motocicletas.

O texto prevê ainda R$ 13,5 milhões, no Programa Água para Todos, para perfuração de poços e acesso das populações do semiárido nordestino ao abastecimento de água.

(Jornal do Senado).


2 comentários:

  1. Amigo, Sem Comentário...
    Elles continuam os mesmos.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Antônio, 6,8 bilhões, é muito dinheiro, nas mãos dessa gente já meio sem credito dos brasileiros, mas é a democracia, afinal fomos nós que os colocamos a nos representar. Tomara que seja realmente bem aplicado nas finalidades especificadas. Estamos vigilantes!
      Abraço.

      Eliminar