20.1.13

Concursos: como encontrar seu lugar no setor público

Optar pela carreira de servidor e decidir em qual segmento dela atuar nem sempre é tarefa fácil. Especialistas orientam aspirantes na missão


As diferentes esferas do setor público oferecem condições atraentes para profissionais que sonham em atuar nesse segmento do mercado e também para aqueles que procuram boas oportunidades de trabalho em geral. Entre os atrativos, destacam-se salários (em média mais altos do que os pagos no setor privado), planos de carreira definidos e, é claro, estabilidade. Em alguns casos, é relativamente fácil saber a que lugar da administração pública o candidato é mais adequado. É o caso dos formados em direito, cuja graduação é exigência para o preenchimento de vagas de juízes e procuradores, por exemplo.
Optar pela carreira de servidor e decidir em qual segmento dela atuar, contudo, nem sempre é tarefa fácil. As vagas oferecidas pelos diferentes órgãos públicas são taxativas quanto ao grau de escolaridade dos candidatos. Por exemplo: o candidato deve ter [...]
ensino médio completo em determinado concurso; em outro, superior. Porém, em muitos casos, essa é a única exigência, ou seja, podem se apresentar para o posto profissionais com formação diversa.
Este é apenas um item que o aspirante a servidor deve levar em conta. Para dedicar-se à missão de ser aprovado em um concurso – tarefa que, em média, consome ao menos um ano de estudos –, ele precisa analisar sua disponibilidade para a preparação e sua vocação profissional. VEJA.com ouviu especialistas para orientar aspirantes na tarefa: os estudiosos apresentam questões cruciais que devem ser consideradas pelo candidato. O primeiro passo, dizem os especialistas, é determinar para qual área o candidato vai dirigir suas energias. Estudar sem um foco claro é um erro comum e determinante para o fracasso.
Foram ouvidos Evandro Guedes, diretor administrativo do curso preparatório AlfaCon, e José Luis Romero Baubeta, diretor de recursos humanos do curso preparatório Central de Concursos.

Passo a passo para a escolha de um concurso público

1 de 8

Qual é seu perfil profissional?

Antes de escolher em qual concurso público mirar, é preciso refletir se as atividades do funcionalismo público vão ao  encontro de suas expetativas. Não há dúvidas de que o serviço público oferece inúmeras vantagens. A primeira delas são os salários. Em média, um servidor recebe 93% a mais que um funcionário da iniciativa privada. Outro ponto positivo é a estabilidade – demissões são casos raros e os servidores não estão à mercê de crises econômicas nem flutuações no mercado de trabalho. Por fim, o setor público oferece mais qualidade de vida a seus empregados, com jornadas de trabalho definidas e menos horas-extras.
Apesar do quadro animador, existem ressalvas: o setor público é pouco dinâmico e bastante burocrático. Profissionais com perfil empreendedor e que gostam de se deparar a todo momento com novos desafios no ambiente de trabalho poderão se frustrar, assim como aqueles que buscam uma rápida ascensão profissional. Além disso, uma boa colocação no funcionalismo, que pode trazer remuneração acima de 10.000 reais, exige anos de preparação. É preciso ser paciente e determinado nos estudos. E, acima de tudo, se perguntar: você tem disposição para tanta dedicação? 
O que diz o especialista:
“É preciso haver identificação com a carreira pública. Se um candidato não gosta de armas, ele não pode se preparar para um concurso da Polícia Rodoviária Federal apenas porque o salário é atraente. Profissionais muito empreendedores também precisam refletir sobre a opção de migrar para o setor público, que é mais 'engessado' e burocrático.”
Evandro Guedes, diretor administrativo do curso preparatório AlfaCon

(Veja)

Sem comentários:

Enviar um comentário