24.8.13

Ana Amélia questiona contratação de 400 médicos cubanos

Senadora Ana Amélia (PP - RS).
Procuradores do Trabalho ouvidos pela imprensa dizem haver irregularidades trabalhistas na operacionalização do Programa Mais Médicos, disse Ana Amélia (PP-RS).
A senadora cobrou do governo explicações sobre a contratação de 400 médicos cubanos, por meio de acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), para atuar no interior do país, no âmbito do programa.
Ana Amélia disse ter recebido informações de que, dos R$ 10 mil de salário a serem pagos aos médicos, apenas R$ 1.500 serão entregues aos profissionais, sendo os demais R$ 8.500 destinados ao governo de Cuba. Ela disse que vai propor a comissões do Senado ouvir o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e representantes da Opas sobre o tema.
— Isso é precarização do trabalho — disse.
Segundo a senadora, o contrato dos médicos cubanos prevê que custos com moradia e alimentação estarão a cargo dos municípios, “que já estão com situação financeira abalada”.
Fonte: Jornal do Senado

Sem comentários:

Enviar um comentário