5.8.13

Wilson assina ordem de serviço para a duplicação das BRs

O governador observa que essas duas intervenções se somam a outras obras realizadas pelo governo, visando melhorar a mobilidade urbana na cidade.

Redação CCom

Wilson assina ordem de serviço para a duplicação das BRs 
(Foto:Thiago Amaral)
O governador Wilson Martins assinou, nesta segunda-feira (5), no Palácio de Karnak, a ordem de serviço para duplicação das duas BRs de acesso a Teresina. As duas obras representam um investimento de mais de R$ 110 milhões e devem ficar prontas já no próximo ano.
"São duas obras fundamentais para a boa mobilidade urbana em Teresina, além de trazer um novo visual na chegada da nossa capital", disse Wilson. O governador observa que essas duas intervenções se somam a outras obras realizadas pelo Governo do Estado, visando melhorar a mobilidade urbana na cidade. Ente elas estão a nova ponte JK, que ficará pronta em março, e uma segunda ponte na Wall Ferraz, além do viaduto no balão da Miguel Rosa, ao lado do Pavilhão de Eventos.
A duplicação da BR 316, na saída Sul de Teresina, está orçada em R$ 71,8 milhões. A empresa vencedora da licitação foi a Construtora Sucesso. No caso da BR 343, saída para Altos, a duplicação será realizada pela Getel. O custo dessa obra é de R$ 38,6 milhões.
O início das obras de duplicação estava esperando apenas uma autorização do DNIT, que responde pelas BRs. Mesmo sendo intervenções em rodovias federais, a iniciativa é do governador Wilson Martins. "Eram obras que não estavam no plano plurianual da União e não dava para esperar mais quatro ou cinco anos", diz Wilson. "Abracei essas obras pela importância delas para nossa Teresina", diz o governador.
Menos Transtornos
Uma das procurações do governador é que as obras sejam realizadas no menor espaço de tempo possível, diminuindo os transtornos para a população enquanto os trabalhos estiverem sendo executados. "Fiz uma recomendação expressas às construtoras para que tenham toda a atenção no sentido de causar o menor transtorno possível à população", disse o governador.

Sem comentários:

Enviar um comentário