22.9.13

Estudo revela: Mata dos Cocais é um ecossistema moldado pelo homem

Baseado em relatos de antigos viajantes, o professor Francisco Soares, doutor em Botânica, produziu artigo sobre a Mata dos Cocais, no qual conclui que o ecossistema foi moldado pela mão do homem, fato que é marcado pela diversidade de palmeiras, reflexo de um intensivo processo de degradação das florestas originais.

Fotos: Francisco Soares
Buritizal em Buriti dos Lopes

"O homem foi desmatando para criar fazendas e pasto para criação de gado, como é o caso do Piauí, e para explorar a madeira no Maranhão. Algumas palmeiras foram ocupando lacunas deixadas por esta vegetação, especialmente o babaçu. Daí criou-se este ecossistema de transição por aqui", explicou o especialista.

Carnaubal na região litorânea do Piauí

A Mata dos Cocais está presente em parte do território dos Estados do Piauí e do Maranhão. "O fato dessa fisionomia ocorrer somente aqui me intrigou. Daí comecei a recolher uma série de artigos e relatos de viajantes que estiveram por aqui no século XIX", acrescentou Soares.


O artigo aponta que especialmente no território maranhense originalmente prevalecia uma floresta pré-amazônia. No Piauí, além da pré-amazônia, no local tínhamos também os cerrados. 


O estudo conclui ainda que o resultado desta degradação deixa evidente que, dentre estas espécies de palmeiras, o babaçu é uma das plantas mais expressivas e eficientes da comunidade pioneira. "O babaçu coloniza muito bem e muito rapidamente o ambiente. É a primeira planta a ocupar o espaço", enfatiza o doutor.


Buritizal em Buriti dos Lopes



O Brasão de Armas do Piauí mostra que as palmeiras são bastante importantes na nossa cultura e economia

cidadeverde

Sem comentários:

Enviar um comentário