18.10.13

Wilson anuncia R$ 50 mi para Agespisa e quer descartar a subdelegação

Quase um ano após a Agespisa apresentar seu polêmico projeto de subdelegação parcial dos serviços de água e esgoto na capital, enfim, o governador Wilson Martins (PSB) demonstra que está disposto a enterrar definitivamente a proposta, que sofreu forte resistência entre os servidores da companhia e também de parte da população.
Ontem, durante solenidade no Palácio de Karnak, Wilson reconheceu que até agora o projeto não obteve o apoio necessário para sair do papel, e anunciou que, mais uma vez, o governo injetará um montante substancial de recursos na Agespisa, na tentativa de retirá-la da crise.
De acordo com o governador, o primeiro grande investimento a ser realizado no setor será a construção de uma adutora que levará água para uma série de bairros da zona Norte da capital, hoje abastecidos com poços.
“Estou disponibilizando, de forma emergencial, com recursos do Tesouro, R$ 50 milhões para resolver o problema de abastecimento d’água emergente no Estado do Piauí [...] Já que não houve concordância, não houve entendimento para fazer uma parceria público-privada, para fazer uma subdelegação, e por entendermos que isso demanda tempo, nós decidimos priorizar os investimentos em água tanto para Teresina quanto para alguns municípios do Estado que vivem em crise. Essa é uma ação específica do Governo do Piauí, mas nós queremos a parceria da prefeitura e também do Governo Federal”, pondera Wilson.
 Do Portal O Dia / Confeeersa

Sem comentários:

Enviar um comentário