11.11.13

DILMA TROCARÁ SEU TIME ANTES DO FIM DO ANO



Presidente Dilma já decidiu: vai entrar 2014 com uma equipe nova, sem os ministros que saem para disputar eleições; entre os que serão substituídos estão nomes de peso como Alexandre Padilha (Saúde) para disputar o governo de São Paulo; Fernando Pimentel (Desenvolvimento), que se candidata em Minas, e Gleisi Hoffmann (Casa Civil), no Paraná; "Vou fazer substituições. Agora já dei a notícia", disse Dilma em visita ao Peru

247 - A presidente Dilma Rousseff (PT) afirmou nesta segunda-feira (11), em conversa com jornalistas em Lima, no Peru, que irá realizar "substituições" na equipe ministerial no final deste ano, nas vagas de ministros que disputarão eleições nos Estados em 2014. "É muito possível [que ministros deixem o governo para iniciar a campanha]. Vou fazer substituições. Agora já dei a notícia", disse Dilma.
A reforma ministerial é especulada desde o início de 2013, quando a presidente iniciou veladamente uma maratona de eventos e anúncios e manifestou seu apoio às candidaturas de ministros como Alexandre Padilha (Saúde), para o governo de São Paulo, e de Fernando Pimentel (Desenvolvimento), para o governo de Minas Gerais. Há ainda a candidatura da ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann para o governo do Paraná. 
Deputado gaúcho, o ministro Pepe Vargas (Desenvolvimento Agrário) também é cotado para o Senado, assim como o ministro Aguinaldo Ribeiro (Cidades), que pode disputar o cargo na Paraíba. O ministro Gastão Vieira (Turismo) pode concorrer a vaga de senador no Maranhão. Já o ministro Antônio Andrade (Agricultura) pode disputar a Câmara dos Deputados ou ser candidato a vice de Pimentel, em Minas.
BRASIL 247

Sem comentários:

Enviar um comentário