20.1.14

JUÍZA DA INFÂNCIA DO RIO ORIENTA PAIS A NÃO DEIXAREM FILHOS PARTICIPAR DE “ROLEZINHO”

Rio de Janeiro – Diante da polêmica em torno dos “rolezinhos”, grandes reuniões marcadas por jovens em shoppings, a Juíza Ivone Ferreira Caetano, da 1ª Vara da Infância, da Juventude e do Idoso, divulgou nota aos pais e responsáveis para que eles “orientem seus filhos para que não compareçam aos locais onde tais eventos ocorrerão”, diante dos “riscos que poderão advir da participação de seus filhos nas reuniões anunciadas”.
A juíza considerou a gravidade dos fatos ocorridos em Belo Horizonte e São Paulo, onde houve tumulto e repressão policial na semana passada e a diversidade de pessoas envolvidas “com os mais diversos objetivos e intenções”.
MULTA DE 10 MIL
Na sexta-feira, a juíza Isabella Peçanha Chagas, da 14ª Vara Cível do Rio de Janeiro, concedeu liminar que proíbe a realização do chamado ‘rolezinho’ no Shopping Leblon, Zona Sul do Rio. O evento, organizado por meio do Facebook, tinha mais de 8 mil confirmações de presença até as 22h de sexta-feira. A magistrada estabeleceu multa no valor de R$ 10 mil para cada manifestante que for identificado promovendo protesto dentro do centro de compras.
Em sua decisão, a juíza destacou que o evento caracteriza-se como protesto. Ela destacou a garantia constitucional à livre manifestação e o direito de ir e vir, mas ressaltou que o shopping é um prédio privado e que a propriedade precisa ser preservada.
Tribuna Internet
####
                                             Publicidade

Sem comentários:

Enviar um comentário