9.4.14

Zé Filho diz que ministro de Energia trabalha contra o Piauí

Governador criticou o maranhense Edison Lobão e exigiu que secretários respeitem o dinheiro público e o povo do PI.

O governador Zé Filho afirmou, nesta quarta-feira (9), que o ministro das Minas e Energia, Edison Lobão, está trabalhando contra o estado do Piauí e em favor do Maranhão, sua terra natal. Zé Filho disse ainda que irá se reunir com a bancada federal em Brasília para solicitar junto ao ministro uma intervenção na Eletrobras-PI. 

                     Fotos: Evelin Santos/CidadeVerde.com


Em seu discurso na posse dos 19 secretários no Palácio de Karnak, o governador diz que apoia o movimento do presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil de Teresina (Sinduscon), André Baia, no qual está sendo pedida uma intervenção federal na Eletrobras pois as indústrias estariam migrando para o Maranhão por conta do fornecimento irregular de energia elétrica no Piauí. 


Segundo Zé Filho, o problema da Eletrobras é seríssimo e precisa ser resolvido. “Parece que estão querendo enfraquecer o Piauí e fortalecer o Maranhão. Nós não vamos aceitar isso. Se for preciso, vamos bater com a mão na mesa”, garantiu, voltando a afirmar que vai trabalhar para que o Piauí tenha seu reconhecimento e deixe de ser o patinho feito do país, o último Estado da nação. 



O governador debela qualquer desconforto que o PSB possa sentir por conta das indicações até agora confirmadas. "Ele [PSB] não perdeu o Detran, continua da base. O deputado Flávio Nogueira (PDT) indicou [o Detran] e o PSB vai para outra função tão importante quanto o Detran", disse.

Já o novo diretor geral do órgão, Jeová Alencar (Solidariedade) deu o tom do que deve ser sua gestão. "Vamos fazer o trabalho que siga o ritmo do governador. Ele já nos direcionou para fazer o melhor trabalho na questão da educação no trânsito", afirmou.

Gestores
No discurso direcionado aos novos secretários, o governador disse enfaticamente que vai exigir deles "respeito ao povo do Piauí, respeito ao dinheiro público e respeito à máquina pública" e assegurou que na sua gestão não vai beneficiar quem quer que seja. 


Imagem 
Sobre a nova logomarca da administração estadual, que o brasão do Estado do Piauí, Zé Filho disse que a escolha foi feita para não fazer alusão a nenhuma personalidade e também por ser mais prática, já que durante a campanha eleitoral não será preciso usar tinta preta nos outdoors e placas de obras a fim de não ter problema com a Justiça Eleitoral. 

Fonte: 180graus

Sem comentários:

Enviar um comentário