29.12.14

Silas Freire está decepcionado porque está sem espaços no Governo de Wellington

Primeiro suplente de deputado federal com 76 mil votos pela coligação "A Vitória com a Força do Povo", o apresentador Silas Freire (PR) confidenciou a amigos próximos que o apoiaram, que está decepcionado porque até agora não conseguiu fazer uma única indicação para a equipe de Wellington Dias, cujo governo começa no próximo dia 1º de janeiro. "Ele me disse que vai esperar a convocação do TSE para assumir", revelou a este repórter, pedindo omissão de seu nome, o principal auxiliar de Freire durante a campanha.
                                                                                    Imagem: Brunno Suênio / GP1
Silas Freire (PR)

O amigo de Silas, falando por telefone no inicio da tarde de ontem, domingo, chegou a reproduzir na íntegra comentário que o apresentador lhe teria feito na manhã de sábado: " Eu penso que o Wellington está achando que apenas a minha ascensão à Câmara é suficiente para compensar o esforço que eu tive durante a campanha em favor de toda a coligação".

Silas também teria dito ao amigo, segundo sua reprodução da conversa, o seguinte: "olhe, se você tira pelo menos a metade dos meus votos da coligação, veja o que aconteceria...o nosso desempenho não teria sido tão bom e hoje a nossa bancada estaria reduzida".


EXCLUSIVAS


Peso maior
Segundo confidências do apresentador Silas Freire a amigos de confiança, "pessoas que contribuíram muito menos para sucesso da coligação encabeçada por Wellington Dias, tiveram mais importância que ele na hora das indicações".

Existem espaços
Comuniquei a um influente integrante do Governo que tinha recebido a informação da insatisfação de Silas e recebi a seguinte informação: "ainda tem muitos espaços".

Garoto propaganda
Sem ironia: o proprietário do Comercial Carvalho está se saindo bem como garoto propaganda na televisão. Tem um certo poder de convencimento.

Bom político
Elmano Férrer agiu como bom político ao pedir ao filho, Leonardo, que não assuma a direção da Junta Comercial do Estado.

                                                                                                                                               Imagem: GP1
Jacinto Teles

Ex-presidente e fundador do Sindicato dos Policiais Civis e Agentes Penitenciários, o ex-vereador e ex-petista Jacinto Teles, agora no PTC do articulado deputado Evaldo Gomes, será diretor da Escola do Presidiário da Secretaria de Justiça do Estado.
Sempre Roberto
A apresentação de Roberto Carlos às vésperas do Natal na TV Globo mostrou os motivos pelos quais ele continua a ser o maior artista brasileiro. Ídolo sem concorrentes.

Operação em Timon
Uma operação comandada silenciosamente, longe dos holofotes, pelo delegado da Polícia Civil Ricardo Erlon e pelo major da PM Medeiros, apresentou como resultado a apreensão de quase 500 unidades de munição de vários calibres, e a desarticulação de uma quadrilha que assaltava na zona leste do Maranhão e até Teresina.

Cúmplices aqui
A quadrilha assaltou comerciantes no povoado Brejinho, onde muitos teresinenses têm chácaras, perto de Caxias, e fugiu para Teresina onde se escondeu no bairro Mutirão esperando ser resgatada por cúmplices de Teresina.

Flagrante
Um motorista de táxi cujo rádio estava na frequência da Policia de Timon foi resgatar os assaltantes sem saber que estava sendo monitorado e acabou preso com os assaltantes.

Aldo e Osmar
Cotado para permanecer num importante cargo no segundo Governo Dilma, Aldo Rebelo, ministro dos Esportes que não se candidatou à reeleição por São Paulo, deverá aproveitar na sua equipe o ainda deputado federal Osmar Junior (PCdoB-PI) que não conseguiu se reeleger.

Quadro preparado

Além de ser um parlamentar muito querido dentro do PCdoB nacional, Osmar Junior é um quadro preparado com credenciais para ser um bom auxiliar de Aldo.

Fonte: GPI (Feitosa Costa)

Sem comentários:

Enviar um comentário