3.2.15

TRE pode cassar outros 21 prefeitos que foram eleitos no pleito de 2012

NOVO RELATÓRIO APONTA as principais ações que tramitam na Corte Eleitoral do estado

Imagem: Reprodução

O Tribunal Regional Eleitoral do Piauí (TRE-PI) já cassou 21 prefeitos dos 224 eleitos no estado em 2012, segundo dados do tribunal. As principais acusações contra os gestores eram abuso de poder político, abuso de poder econômico e compra de votos. Dos cassados, a maioria permanece no cargo por força de liminar.
As cassações dos prefeitos se deu após o ajuizamento de várias ações, como Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME), Recurso Contra Expedição de Diploma (RCED) e Representações (RP).
Muitos dos processos desta natureza ainda tramitam nas zonas eleitorais e o número de gestores que podem perder o mandato ainda pode aumentar muito. Para se ter uma ideia, dos eleitos em 2008, mais de 50 foram cassados. O número elevado de cassações deixou o Piauí como o segundo estado que mais cassou prefeito eleito em 2008, ficando atrás apenas de Minas Gerais.
Dos eleitos na última eleição 21 já sofreram condenação de cassação. E pode vir mais por ai. De acordo com o último levantamento do TRE-PI que encerrou no dia 09 de janeiro de 2015, outros 21 processos que podem cassar prefeitos estão tramitando na Corte e a qualquer momento serão pautados para julgamento.
O número revela apenas os processos que tramitam no 2º grau, como os RCED's ou mesmo recursos já julgados pelos juízes de piso. (180graus)

Sem comentários:

Enviar um comentário