12.3.15

Governador recebe reitor do IFMA e anuncia inauguração de campus em Alcântara

Com a inauguração do prédio serão oferecidas 1.200 vagas

O governador do Maranhão, Flávio Dino, recebeu nesta quarta-feira (11), o reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), Roberto Brandão. Na reunião, o governador definiu com o reitor os detalhes para a inauguração de um campus do IFMA em Alcântara. A inauguração do prédio ocorrerá na tarde desta sexta-feira (13).

A intenção do governador Flávio Dino é promover a implantação de uma rede estadual de educação profissional e tecnológica, levando formação e profissionalização para todo o Maranhão. “O nosso governo tem o compromisso de ampliar os serviços públicos e a educação é uma prioridade na nossa gestão”, afirmou o governador.

A cidade de Alcântara é conhecida por seu suporte tecnológico, já que tem instalada em seu território a base de lançamentos de foguete, embora tenha pouco espaços de educação voltados para o setor de ciências tecnológicas.

“Este é um desafio. Hoje temos um campus funcionando em Alcântara, mas ainda não é nosso prédio definitivo. Com essa instalação, a população de Alcântara, das agrovilas, quilombos e regiões circunvizinhas, que na maioria das vezes não tem a oportunidade de ter formação na área tecnológica, poderão ter acesso”, declarou o reitor do IFMA.

Com a inauguração do prédio serão oferecidas 1.200 vagas, para dois cursos superiores e cinco cursos técnicos (ensino médio profissionalizante), nas áreas de meio ambiente, hospitalidade e lazer, eletromecânica e eletrotécnica.

“As formações aproveitam as potencialidades de Alcântara, o meio ambiente, o turismo e a tecnologia da base de lançamentos”, informou Roberto Brandão.

Iema
Dentre as parcerias discutidas na reunião, foi abordada a construção do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia (Iema), instituição de educação profissional e tecnológica a ser criada pelo governador Flávio Dino.

O reitor Roberto Brandão elogiou a iniciativa do governador e colocou a instituição à disposição, incluindo a mobilização da equipe técnica. “Como nosso estado é grande, nosso instituto não tem o alcance para todo o Maranhão. Já olhamos com bons olhos a chegada de um parceiro que tem como inspiração nosso modelo de educação, atendendo outras regiões e as populações mais carentes do estado”, destacou. (O IMPARCIAL)

Sem comentários:

Enviar um comentário