30.3.15

Governo estima que Piauí tem mais de 20 mil poços jorrantes clandestinos


Equipes da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Piauí flagraram o desperdício de água no vale do Gurgueia durante visita a poços jorrantes.
Pelo menos 15 milhões de litros de água própria para o consumo humano e para a irrigação são desperdiçados por hora no vale do Gurguéia. 
Técnicos da Semar e do Banco Mundial visitaram municípios no Sul do Estado verificando a situação dos poços jorrantes. Segundo Romildo Mafra, superintende de Recursos Hídricos, há uma previsão de mais de 20 mil poços jorrantes clandestinos em todo o Estado. 

O governo garantiu que iniciará uma ofensiva para controlar a perfurações de poços jorrantes que são instalados sem qualquer utilidade, virando apenas peça decorativa e de desperdício. 
“Ainda não temos controle dos poços e essa perfuração desenfreada altera o lençol freático, modificando a rota das águas subterrâneas”, disse Romildo Mafra que foi pessoalmente fiscalizar os poços.
Somente no município de Cristino Castro (595 km de Teresina) existem pelo menos 200 poços. Romildo Mafra informou que pedirá ajuda da Ana (Agência Nacional das Águas) para fazer o controle. 
“Os dados da Semar estão defasados e vamos catalogar os poços e quem estiver irregular serão multados e lacrados”.
Pelo levantamento da Semar existe 4 mil poços registrado, no entanto, estatística do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) o Estado tem mais de 28 mil poços. (cidadeverde)

Sem comentários:

Enviar um comentário