29.3.15

Papa Francisco pede que cristãos perseguidos não sejam esquecidos

 Riccardo De Luca/Associated Press
O papa Francisco pediu neste domingo (29), diante de milhares de fiéis reunidos na praça de São Pedro, no Vaticano, para que os cristãos perseguidos não sejam esquecidos, chamando-os de “mártires de hoje em dia”.

Por ocasião da missa do Domingo de Ramos, que abre a Semana Santa, o pontífice convidou a multidão a pensar nos muitos “mártires de hoje em dia”, “nossos irmãos e irmãs perseguidas por serem cristãs”.

Aproveitando a oração do ângelus, o papa também pediu à virgem Maria que “acolha as vítimas  da tragédia aérea desta terça-feira (24), entre as quais havia também um grupo de estudantes alemães”.

O acidente citado pelo papa, em que um Airbus A320 da companhia alemã Germanwings caiu nos Alpes franceses e matou seus 150 ocupantes, foi provocado por Andreas Lubitz, 27, copiloto acusado de ter derrubado deliberadamente a aeronave.

Fonte: Folha de São Paulo

Sem comentários:

Enviar um comentário