17.7.15

MENOR condenado por estupro em Castelo é assassinado

E OUTROS TRÊS GAROTOS sentenciados confessaram mais este crime à direção do CEM

Imagem: Reprodução
Um dos quatro adolescentes sentenciados pelo crime contra quatro jovens de Castelo do Piauí foi assassinado pelos demais dentro do Centro Educacional Masculino, para onde foram transferidos na última terça-feira. A vítima é o garoto de iniciais G, de 17 anos, que delatou os demais para a polícia.

Ele foi morto de forma semelhante com que uma das adolescentes foi morta após o estupro coletivo, com vários golpes na cabeça. O garoto ficou com o rosto completamente desfigurado e fraturou o crânio. Socorristas do SAMU foram acionados e encontraram o menor ainda com vida, mas ele não resistiu e faleceu ainda no CEM.
Os outros três menores, também sentenciados pelo crime em Castelo do Piauí, teriam confessado participação no assassinato do rapaz.
Os quatro meninos estavam no CEM mantidos juntos justamente para evitar que fossem retaliados por outros internos. Outros internos chegaram a ameaçá-los de morte caso fossem colocados no alojamento comum.
Anderlly Lopes, Diretor de Atendimento Socioeducativo da Sasc, informou em entrevista ao programa Bom Dia Meio Norte que até o momento em que foram transferidos para o CEM, os adolescentes não esboçaram qualquer reação ou comportamento diferenciado que pudesse levar às suspeitas de que o assassinato fosse praticado. "São lobos em pele de cordeiro", disse, ao comentar o comportamento dos jovens.
O juiz Antônio Lopes, da 2ª Vara da Infância e a Juventude, acompanhou todo procedimento durante a madrugada. "Há um entendimento geral de que lá no CEM, se colocados com os demais, eles matariam estes adolescentes. E o que fizemos? Procuramos um dos melhores e mais seguros alojamentos, mas infelizmente mesmo lá três dos quatro mataram o mais velho. Então, onde colocá-los é difícil", ressalta.
Fonte: 180graus

Sem comentários:

Enviar um comentário