3.7.15

Miss penitenciária e outras 19 pessoas são presas por roubos no DF

Três adolescentes foram apreendidos. Quadrilha é suspeita de agir em cidades como Park Way, Candangolândia e Núcleo Bandeirante

Raíra Paixão venceu competição em 2011
Após dois meses de investigações, a Polícia Civil (PCDF) prendeu 20 pessoas que roubavam pessoas no Park Way. Eles assaltavam casas, comércio e postos de gasolina armados com revólveres ou facas. Além disso, os bandidos também roubavam carros e pedestres, tanto no nobre bairro quanto nas imediações, como a Candangolândia e o Núcleo Bandeirante.

Junto a alguns dos suspeitos, a polícia encontrou celulares, relógios, joias, revólveres, facas e drogas. São, ao total, 20 adultos presos e três adolescentes apreendidos. Os jovens estão na Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA II). Quatro homens estão em liberdade provisória.

Miss penitenciária
A única mulher que figura entre os suspeitos é a miss penitenciária Raíra Paixão, que foi eleita na cadeia enquanto cumpria pena por roubo, em 2011. Nessa época, ela tinha 20 anos e sonhava em ser modelo ou enfermeira. Quando venceu o concurso, foi convidada por uma agência e pensou na carreira fotográfica. O prêmio para a primeira colocada no concurso foi de R$ 1,5 mil.

Raíra agia com outras duas pessoas, que permanecem foragidas. Segundo o delegado Victor Dan, é uma pena que alguém que tenha conseguido tais oportunidades enveredasse pelo crime novamente. “Ela cumpriu a pena e estava cumprindo regime semi-aberto. É uma pena que, neste caso, a ressocialização não tenha dado certo”, acrescentou. (Correio Braziliense)

Errata: Mais cedo, esta publicação tratava o grupo como uma quadrilha. A polícia esclareceu que as prisões ocorreram durante dois meses de investigações e os alvos eram suspeitos individuais, duplas e, no máximo, trios. O número de detidos, porém, está correto.

Sem comentários:

Enviar um comentário