19.1.16

Prefeitos de Teresina e Timon se reúnem com ANTT em Brasilia

Os prefeitos de Teresina, Firmino Filho, e Timon, Luciano Leitoa, se reunirão com representantes da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANNT) nesta quarta-feira, às 9 horas, em Brasília, para discutir sobre a operacionalização da linha de transporte público envolvendo as duas cidades. Por se tratar de uma linha interestadual, a regulamentação é de responsabilidade da ANTT.

O prefeito Firmino Filho explicou que, ainda no segundo semestre do ano passado, as Prefeituras de Teresina e Timon aprovaram leis que autorizam a constituição de um Consórcio Intermunicipal de Mobilidade Urbana entre os municípios (Lei Municipal nº 1.996, de 23 de outubro de 2015, e Lei nº 4.857, de 29 de dezembro de 2015, respectivamente). “Hoje a responsabilidade de realização de licitação, contratos, fiscalização, estabelecimento de tarifas e horários de circulação é de competência da ANTT. Por isso, criamos um consórcio para buscar a delegação desses serviços para que as linhas sejam gerenciadas por este consórcio, envolvendo as duas cidades”, pontua.

O chefe do executivo municipal de Teresina disse ainda que a expectativa é positiva em relação a concessão por parte da ANTT. “Estamos otimistas em relação a esse contrato. Queremos enfrentar e resolver essas questões, inclusive com a possibilidade de termos de volta a Timon City ofertando os serviços, que já foram bem avaliados pelos usuários, mas foram suspensos por decisão judicial”, comentou.

Em nota divulgada, a ANTT esclareceu que a empresa Dois Irmão possui a autorização administrativa para operar o trecho de forma direta. Já a empresa Expresso Guanabara possui autorização administrativa para operar o referido trecho como seção de linhas rodoviárias. E a Timon City vinha operando, por medida judicial, o serviço semiurbano de Teresina (PI) – Timon (MA) desde 13/8/2015. No entanto, em 24/12/2015, o serviço foi paralisado por decisão da justiça.  

Ainda em Brasília, o prefeito se reunirá com representantes do Ministério do Planejamento para viabilizar recursos para obras de mobilidade urbana. (Semcom\Teresina).

Sem comentários:

Enviar um comentário