22.2.16

Delcídio: 'Se me cassarem, levo metade do Senado comigo'

Segundo informações do jornal 'Folha de SP', o senador está com medo de perder o foro privilegiado


Amaral ameaçou os seus colegas: "Se me cassarem,
levo metade do Senado comigo"
Líder do Partido dos Trabalhadores (PT) no Senado, Delcídio do Amaral (MS), está preocupado com uma possível cassação de seu mandato e a perda do foro privilegiado. Por isso, segundo o jornal 'Folha de S. Paulo', Amaral ameaçou os seus colegas: "Se me cassarem, levo metade do Senado comigo".
Os partidos Rede Sustentabilidade  e PPS fizeram uma representação contra o senador, no Conselho de Ética da Casa, sob a acusação de quebra de decoro parlamentar. Apesar da ameça de Amaral, poucos parlamentares devem estar dispostos a apoiarem o petista.
Depois de 87 dias preso acusado de prejudicar o andamento da operação Lava Jato, o senador perdeu a sua força dentro do próprio partido. Tido como peça fundamental para o diálogo entre o Governo Federal e a oposição, o senador já perdeu o posto de presidente da Comissão de Assuntos Econômicos para a correligionária Gleisi Hoffmann (PT-RS) e há quem dê como certo a sua expulsão do PT. (O TEMPO)

Sem comentários:

Enviar um comentário