11.4.16

COM 38 A 27 VOTOS NA COMISSÃO, O IMPEACHMENT GANHA FORÇA

Deputados comemoraram a folgada vantagem obtida na Comissão
Deu na Folha
A comissão do impeachment da Câmara aprovou nesta segunda-feira (11) relatório favorável ao afastamento de Dilma Rousseff. Agora, a votação segue para o plenário da Casa, que irá decidir se abre o processo de impedimento. O parecer do relator Jovair Arantes teve 38 votos favoráveis e 27 votos contrários. Eram necessários 33 votos favoráveis ao relatório para que ele fosse aprovado, mas, independentemente do resultado, a palavra final sobre a abertura da ação é do plenário da Câmara.
Para que a ação seja enviada ao Senado, são necessários 342 votos dos 513 deputados. A votação está prevista para o próximo dia 17.
A votação, que deveria ser iniciada às 17h, só começou às 20h30. Foi aberta oportunidade para discursos dos líderes dos 25 partidos e os dois líderes da minoria e da maioria.
O advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, responsável pela defesa da presidente Dilma Rousseff, disse, horas antes da votação, que o parecer apresentado era uma “peça de absolvição histórica da presidente”.

Sem comentários:

Enviar um comentário