10.3.17

Governo investe R$ 602 milhões para acelerar integração do São Francisco

Presidente Michel Temer vai visitar as cidades de Monteiro (PB) e Sertânia (PE) para a entrega do Eixo Leste da transposição

  Arquivo/Agência Brasil
Obra recebeu investimento de R$ 602 milhões do governo federal em dez meses
Para acelerar as obras do Projeto de Integração do Rio São Francisco, o governo federal investiu R$ 602 milhões nos últimos dez meses. Nesta sexta-feira (10), o presidente da República, Michel Temer, vai visitar as cidades de Monteiro (PB) e Sertânia (PE) para a entrega de estruturas do Eixo Leste. A agenda foi divulgada pelo porta-voz da presidência da República, Alexandre Parola.

Construção prioritária para o governo federal, as estruturas do Eixo Leste têm 217 quilômetros de extensão e serão responsáveis por garantir a segurança hídrica de 4,5 milhões de pessoas. De acordo com o porta-voz, Temer entende como fundamental garantir que a prosperidade seja estendida a todas as regiões do País, mas o enfoque deve recair nas áreas mais necessitadas.
Por isso, os projetos e as iniciativas que beneficiam a população nordestina têm recebido atenção prioritária das autoridades dos vários ministérios. "Ações como essa, que têm sido levadas a cabo pelo governo federal, revelam a preocupação do presidente Michel Temer em superar divisões no País, buscando o diálogo, a eficiência e a pacificação em benefício de todo o povo brasileiro", disse Parola.
No caso do São Francisco, por exemplo, o Ministério da Integração Nacional ampliou em 23% o volume de repasses para as obras. Por isso, a previsão do governo é entregar ainda neste ano as obras do Eixo Norte, que já registram 94,52% de execução. Esse trecho vai levar água até a região metropolitana de Fortaleza, beneficiando municípios no Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Quando for totalmente concluído, a integração garantirá a segurança hídrica de 12 milhões de pessoas no Nordeste.

Rodovia
Ainda nesta sexta-feira, Temer vai assinar a ordem de serviço para a adequação de capacidade da BR-230, que passa pela Paraíba. A estimativa é de que 1,2 milhão de pessoas serão diretamente beneficiadas pelas obras, realizadas em um trecho de 28 quilômetros, que vai do município de Cabedelo até a capital, João Pessoa.
O presidente ainda visita Sertânia (PE), onde participará da cerimônia de abertura da comporta do reservatório de Campos.
Fonte: Portal Planalto


Sem comentários:

Enviar um comentário